Magnetoterapia / Terapia Magnética

 

Beneficios da Magnetoterapia

Benefícios na exposição de campos magnéticos 1

Benefícios na exposição de campos magnéticos 2

Estudo cientifico Cruz Azul sobre terapia de magnetismo

Tratamento de feridas por terapia Magnética (relatório completo 2001)

Estudo campo magnético terapia Markov

Exposição a campos magnéticos Shupak

clinical effects englisch Truck, 1993

Estudos sobre Magnetismo Trock 1994

Resultados clínicos do Englês Truck 1993

Magnetoterapia

A magnetoterapia a é um tratamento que usa os efeitos do campo magnético no corpo.

Aplicam-se dois solenoides (electroíman) na articulação a ser tratada.
Quando o electroíman é atravessado por uma corrente eléctrica cria um campo magnético, portanto transmite energia magnética.
O corpo humano contém muitas substâncias metálicas , como todos sabem, nos exames de sangue também existe o “ferro”.

O campo magnético exerce uma força nos materiais ferromagnéticos, paramagnéticos e moléculas diamagnéticas.
Dentro do corpo, existe um grande número de iões, ou moléculas com uma carga eléctrica positiva ou negativa.
As propriedades dos dispositivos da terapia magnética são a frequência e a intensidade.

Na medicina usam-se máquinas com frequência em torno de 30 a 60 Hz porque as pesquisas científicas mostram que trabalhando desta forma se pode conseguir maior transferência de energia ao nível da articulação.
O campo magnético não é estático, mas deve inverter a polaridade para dar efeitos positivos sobre a patologia.
A intensidade é a medida da quantidade de cargas elétricas que percorrem o electroíman e é expressa em graus.

Os aparelhos alugados não excedem a potência de pico de 30 graus, enquanto as máquinas ambulatórias chegam até 100 graus. Podemos distinguir três tipos de terapia magnética:

  • Com campo magnético estático
  • Com baixa frequência
  • Com alta frequência.

O ímã estático aplicado à articulação ou osso dificilmente pode interagir com a região anatômica de forma adequada, pois só funciona em uma direção.
A terapia magnética com campo magnético estático não pode ser considerada cientificamente provada.
A terapia magnética de alta ou baixa frequência produz benefícios apenas se a duração do tratamento for suficientemente longa.
Os estudos científicos mostram que a terapia magnética pode reduzir o tempo de cura até a metade, principalmente no caso de fratura e artropatia.
É necessária uma aplicação de pelo menos uma hora por dia por algumas semanas, o tratamento mínimo dura 20 dias.

Marcar Consulta
Diagnóstico

Marcar Consulta

Clínica